Tudo o que você precisa saber sobre as lentes fotográficas

||Tudo o que você precisa saber sobre as lentes fotográficas

Tudo o que você precisa saber sobre as lentes fotográficas

Se você já é um fotógrafo profissional, com certeza já adota o termo “objetiva” no lugar de “lentes”, não é mesmo? Preciosismos à parte, as objetivas são as populares lentes de câmera que todos conhecem de maneira superficial.

As lentes constituem o conjunto óptico (a “objetiva”) que vai determinar as características da imagem que será captada pelo sensor da sua câmera (ou pela película, no caso da fotografia analógica). Há muita diversidade de modelos, cada um voltado para um resultado diferente.

Se você chegou até aqui, é porque precisa ir um pouco além nesse assunto, não é mesmo? Por isso, preparei este conteúdo especialmente para você. Não se preocupe com as diversas questões que rondam o tema. Teremos tempo suficiente para tratar de todos eles aqui no blog. Siga em frente!

Distância focal

A distância focal é a principal característica de uma objetiva. É a partir dela que o fotógrafo determina em que momento vai usar cada tipo de lente, dependendo do campo de visão que deseja trabalhar nas imagens.

A explicação mais técnica é a seguinte: a distância focal de uma objetiva é a distância em milímetros entre o ponto de convergência da luz até o ponto de captação do sensor (ou filme) para gerar uma imagem nítida.

De maneira prática, a distância focal é o que vai nos trazer o ângulo de visão da cena e o tamanho que os elementos vão ocupar na imagem. Quanto maior a distância focal, mais estreito é o ângulo de visão e maior o tamanho dos elementos no quadro. Quanto menor a distância focal, maior será o ângulo e menores os elementos da cena.

Quais lentes usar em cada situação?

As objetivas são equipamentos de funcionamento complexo. As lentes se intercalam em bases móveis e fixas de maneira a formar as características preponderantes do seu tipo. Cada uma delas é voltada para determinado resultado. Confira quais são os tipos de lentes de câmera e em quais momentos usar cada uma.

Lente normal

Essa objetiva geralmente é formada por um conjunto de até seis lentes e apresentam grande abertura do diafragma. Geralmente a distância focal é de 50mm. Ela é chamada de “normal” porque a imagem gerada apresenta um ângulo e perspectiva bem próximo ao gerado pelo olho humano.

A lente é bem versátil e é usada em diversas situações. Há fotógrafos que trabalham apenas com sua “cinquentinha” e não sente necessidade de trabalhar com outros tipos de lentes.

Lente grande angular

A objetiva grande angular apresenta distância focal menor que 50mm. Como o próprio nome entrega, o ângulo de visão dessas lentes é bem amplo, assim como a abertura do diafragma.

Uma grande angular é ideal para fotografar ambientes pequenos. Com elas é possível também destacar o primeiro plano e deixar o restante da cena bem desfocado, criando um efeito muito apreciado no mundo da fotografia profissional: o efeito bokeh.

Há muita variedade dessas lentes de câmera no mercado. São encontradas versões de 28mm 35mm e 50mm, entre outras.

Lentes teleobjetivas

As teleobjetivas apresentam distâncias focais maiores que as lentes normais. A principal característica desse tipo de lente é o achatamento dos planos da imagem por causa da elevada distância do objeto na hora de realizar a foto. É a mesma característica apresentada pelos binóculos.

O uso dessas lentes é adequado para a fotografia de natureza, por exemplo. Geralmente, os fotógrafos que se dedicam a esse tema precisam buscar elementos que estejam longe do ponto em que se encontram. Os paparazzi também são os principais entusiastas desses equipamentos.

Por buscar imagens de objetos distantes, a focalização é mais difícil nesse tipo de objetiva. Exemplos de teleobjetivas são as de 75mm, 200m, 300 mm e 400 mm. Existem ainda as “superteles”, com distâncias de 600mm ou 800mm.

Lente zoom

As objetivas zoom apresentam mecanismos que permitem movimentar as lentes de maneira a variar a distância focal. A principal vantagem dessa lente é a versatilidade, pois com ela o fotógrafo não precisa trocar de lente constantemente durante um trabalho.

Entretanto, essas lentes de câmera não costumam oferecer grande abertura de diafragma, o que limita a aplicação de algumas técnicas de captação da imagem.

As características que apresentei para você são as principais quando falamos de lentes de câmera e quais escolher para o seu trabalho fotográfico. Vale lembrar que existem outros modelos que com certeza você já deve ter ouvido falar, como as fish eye, macro e tilt and shift, mas essas ficam para outro post.

Para não perder nenhum assunto que abordo aqui no blog, que tal assinar a minha newsletter? É só rolar a página e preencher os campos, logo ali embaixo. Nos vemos em breve!

By |2017-12-04T15:53:05+00:00dezembro 18th, 2017|Categories: Equipamentos|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.
Inscreva-se na nossa Newsletter

Inscreva-se na nossa Newsletter

Entre para nossa lista e receba mensagens que vão levar sua fotografia e negócio a outro nível.

Falta apenas mais um passo. Você precisa confirmar seu email!